sexta-feira, 27 de abril de 2012

Rota do Mar e das Montanhas no Espirito Santo

Viana faz parte da região metropolitana da Grande Vitória, apesar de manter características de uma pacata cidade do interior. Essa marca você vê em todo o município, onde o agroturismo e o turismo rural são destaques. Aqui, você pode fazer um gostoso passeio pelos sítios que preparam, artesanalmente, vários tipos de produtos caseiros. Tudo isso vem da tradição deixada pelos imigrantes que chegaram ao município no Século XIX: portugueses, negros, indígenas, italianos e alemães. Na Casa da Cultura, é possível retornar ao passado, contemplando o acervo fotográfico e utensílios mobiliários que preservam a história. O Casarão, que pertencia à Família Lyrio, localizado na sede da cidade, é uma relíquia da arquitetura açoriana. Essa casa que já hospedou até o Imperador D. Pedro II é considerada uma das construções mais antigas do Espírito Santo. Outra opção é a prática de esportes radicais: treekking, vôo livre, trilhas ou motocross. E pra completar, que tal um mergulho no parque aquático, com toboáguas e bicas d´água naturais? É diversão garantida.
Domingos Martins
Foto: Sagrilo


Domingos Martins caracteriza-se pelas particularidades da culinária resultante da influência dos colonizadores alemães e italianos. A cidade possui arquitetura marcante e clima europeu. O município possui uma excelente Infraestrutura hoteleira, com opções de cafés coloniais e paisagens exuberantes. O turismo de aventura também é apreciado nesta região e praticado em cadeias de montanha. O Parque Estadual Pedra Azul é uma referência da região, possuindo trilhas e piscinas naturais. Em Domingos Martins acontecem eventos como: o Encontro Internacional dos Amigos do Vinho que reúne os maiores someliers do país e atrações internacionais e o Festival Internacional de Inverno, que apresenta concertos musicais que atraem muitos visitantes e turistas.

Conhecida como cidade das Orquídeas, Marechal Floriano possui uma vasta quantidade de espécies de orquídeas nas matas ao redor da cidade. Da imigração italiana a alemã, você pode apreciar deliciosos pratos típicos, nos restaurantes tradicionais da região, acompanhados por um agradável clima de montanha. A dança e os corais cultivam as tradições, com grupos italianos e alemães que viajam por todo o Brasil levando, nas danças e na música, a alegria trazida pelos imigrantes e a esperança de progresso de novas terras, onde hoje predominam a agricultura familiar.
Domingos Martins
Foto: Secom


Venda Nova do Imigrante é conhecido pela Festa da Polenta que preserva costumes e tradições italianas. O município também resguarda os traços fisionômicos dos tempos do período da colonização. Dentre os segmentos explorados, destaca-se o agroturismo, turismo de aventura e o ecoturismo.
O agroturismo em Venda Nova do Imigrante é uma referência do turismo nacional. As propriedades rurais oferecem opções de compras de uma grande variedade de produtos caseiros como doces, geléias, pães, café, queijo e onde o turista tem a oportunidade de acompanhar os processos de produção dos alimentos e do dia-a-dia da vida rural.

Fonte: http://www.es.gov.br

Nenhum comentário:

Jogo Pacman