sábado, 28 de abril de 2012

Pedra da Ema em Burarama

Localizado a 40 quilômetros do centro de Cachoeiro de Itapemirim, o distrito de Burarama, que significa Terras das Matas, se destaca por conta da casualidade da natureza em uma gigantesca formação rochosa - a Pedra da Ema.

Sempre no horário da tarde, os raios de sol fazem com que uma enorme falha na rocha forme a figura exata de uma ema. A visualização desta ave pernalta é perfeita entre os meses de junho e setembro.

O pequeno povoado foi colonizado no final do século XIX, principalmente por africanos e italianos.

Até hoje é possível observar o reflexo da cultura européia em Burarama, principalmente nas construções das residências rurais e no cultivo do café, principal produto comercializado na região.

A paisagem exuberante faz com que o pequeno distrito configure como o principal núcleo do Corredor Ecológico Burarama - Pacotuba - Cafundó. Lá é possível ver dezenas de cachoeiras e reservas intocáveis da Mata Atlântica.

Por meio de trilhas, os visitantes apreciam a rica fauna local, com destaque para os pequenos macacos, capivaras, tucanos, papagaios e siriemas. Além de exemplares centenários de jacarandás, jequitibás e ipês.

A lenda da Pedra da Ema

Segundo moradores locais, um escravo teria enterrado um fazendeiro antes de morrer ao lado de um valioso sino de ouro. O tesouro ficava à sombra de uma sapucaieira, em cuja base repousava uma pedra encantada. De acordo com a lenda, o fazendeiro se transformou em uma ema para tentar recuperar o tesouro.

Como chegar

Burarama está localizada a 170 quilômetros de Vitória e a 40 quilômetros do centro de Cachoeiro de Itapemirim. Saindo de Vitória, siga pela BR 101 Sul até Cachoeiro e em seguida pela ES 482, sentido Alegre até Burarama. Da rodovia até o vilarejo são 15 quilômetrois de estrada pavimentada.

Fonte: A Gazeta - 01/08/2007
www.morrodomoreno.com.br

Nenhum comentário:

Jogo Pacman